e-mail
senha
esqueceu sua senha? CADASTRE-SE
gravar senha
Pesquisar     TERÇA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2017  
« voltar ao Fórum Responder mensagem Postar nova mensagem Regras Glossário Revelando-se Perfeito Dates Classificados
Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Foka  enviar um e-mail para Foka
(direitotcc@yahoo.com.br) 10/03/2015 23:34:31

Fala galera!

Vejam o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=z8ZcR_7vFXc

Vocês percebem diferença de timbres entre cordas?

Em instrumentos acústicos já percebi pequenas diferenças...mas em corda de guitarra, nunca notei nada.

A diferença que noto é na pegada.
Lembro da época que a Giannini era moda no "Church" e comprei alguns jogos de corda no embalo...
Postei que as cordas geravam mais tensão do que outras marcas no mesmo calibre. Pediram até para eu enviar as cordas para análise...
Logo depois, outros usuários comentaram o mesmo.

Agora...o som, eu não percebo diferença. A única mudança nítida é entre corda velha e nova...

Vocês notam muita diferença entre marcas?

PS: Há comentários feitos por um "Meewhouse" no vídeo. Será o mesmo que postava aqui?
ordenar por  mais recentes   mais antigas  
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por André (Recife/PE)  enviar um e-mail para André
(afwsantos@yahoo.com.br) 06/06/2015 07:20:18

Concordo com o primeiro post do abnerfm, porém nunca experimentei as elixir e depois da declaração do Wave " E o pior é que essa merda de corda é durável pra caramba. Então vc tem a garantia de ter uma merda de som por muito tempo." aí é que não vou mesmo kkkkkkkkkkkkkk

Uma vez comprei nos EUA um set de 10 Ernie Ball (desta aqui: http://www.ernieball.com/products/electric-guitar-strings/5504/super-slinky-nickel-wound-3-pack) e todas as cordas de todos os jogos vieram oxidadas. Incrível isso.

Hoje em dia uso exclusivamente D´Addario.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Rick (Resende/RJ)  enviar um e-mail para Rick
(ricardosoaresc@yahoo.com.br) 05/06/2015 22:09:37

É verdade esse negócio de cordas mesmo!
Faz uma diferença enorme no timbre sim!
Eu estava com um jogo de cordas velho e nem sabia a marca,pois o Luthier que colocou.
E eu estava com uma dificuldade enorme de afinação,quase abandonando a floyd rose.Mas resolvi comprar cordas novas e comprei a ELIXIR. RESULTADO:resolveu o problema da afinação e o timbre melhorou muito,ficou mais aveludado e homogêneo.
75,00 bem gasto!Valeu mesmo!
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por aarao (Vitoria/BH/MG)  enviar um e-mail para aarao
(andreaaraofreitas@gmail.com) 01/06/2015 20:58:12

Eu nunca tive problema de durabilidade reduzida ate usar essas ernie ball feitas para durar mais.
Mas ao mudar de elixir para elas me lembrei que antes da elixir eu tinha o habito de sempre limpar as cordas depois de tocar, enxugando com scotch brite. Quando eu esquecia, quase sempre dava zebra.
Entao, de certa forma, a elixir eh um milagre sim.
Mas pra quem sente a diferenca no timbre tanto assim realmente complica, porque nunca queremos abrir mao de detalhes no mundo dos timbres.
As vezes tem que fazer o pareto...
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Foka  enviar um e-mail para Foka
(direitotcc@yahoo.com.br) 01/06/2015 13:52:48

Pô...isso vai da mão de cada um.

A corda reage de forma diferente de acordo com quem está tocando. Isso é fato.

Há músicos que ficam com as cordas pretas com pouco uso. Falam do ácido úrico...mas não sei como é e até que ponto isso ocorre.

Já vi músico falando que a corda, após alguns meses, apresenta apenas a ferrugem normal e esperada pela ação do tempo.

Estão sendo lançadas cordas com revestimentos, texturas e formatos diferentes.

Agora, uma coisa precisa ser dita: A corda não é feita para durar. Ponto.

Fosse feita para durar, não precisaria ser trocada constantemente, logo, é jogo de mercado mantê-las assim...sem durabilidade, obrigando a troca constante, e inventar milagres no próximo lançamento para cobrar mais caro.

Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por aarao (Vitoria/BH/MG)  enviar um e-mail para aarao
(andreaaraofreitas@gmail.com) 01/06/2015 12:59:12

Vi uma discrepancia muito grande entre o preco da elixir numa loja que tinha preco bom e no ML. Ai reparei nas perguntas do ML que o vendedor falou que eram chinesas autorizadas pela Elixir...Fazendo conversoes basicas do dolar atual da p ver que eh quase impossivel comprar Elixir verdadeira por 42 reais.
Comprei um jogo na musicware do rj e pretendo pedir uns pelo ebay.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por abnerfm (São Paulo/SP)  enviar um e-mail para abnerfm
(abnerfm@ig.com.br) 01/06/2015 12:12:26

Bom, disso, eu não posso reclamar... troquei o set da minha Les Paul após 8 meses, nenhuma estava "podre" como vocÇe disse,Thinker
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por ThinKeR (Rio de Janeiro/RJ)  enviar um e-mail para ThinKeR
(fernandofvargas@yahoo.com.br) 01/06/2015 11:39:36


Cordas só uso elixir .10 e .11 a bastante tempo. Já tentei diversas marcas, mas "apodrecem" depois da primeira tocada.... não sei oq tenho na mão, mas se não tiver a tal da película protetora, não dura nada pra mim!

Normalmente, as cordas eu compro em viagem fora, ou qdo algum amigo vai, peço para trazer alguns jogos... então sempre tenho um estoque delas aqui. Esses dias fui ver o preço das cordas em loja aqui no RJ, já tá custando 70 reais... não tem como!

Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Foka  enviar um e-mail para Foka
(direitotcc@yahoo.com.br) 01/06/2015 10:12:05

Corda, somente, via Ebay.

Porém, o PT conseguiu inviabilizar a vida com o dólar em R$ 3...

Além do preço, cansei de comprar corda enferrujada por aqui.

A única corda em que percebi diferença de timbre foi a Elixir. Até gostei...mas o preço desanima.

Estou usando GHS constantemente. Jogo comum e padrão de 0.10.

Motivo: Preço.

O som, para mim, não tem diferença de outras...

A pegada me pareceu um pouco mais macia que D'addario. Mas pode ser uma falsa impressão também....porém, na dúvida, mantive a GHS.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por abnerfm (São Paulo/SP)  enviar um e-mail para abnerfm
(abnerfm@ig.com.br) 01/06/2015 09:46:32

Sem querer desvirtuar o tópico, mas aqui vai uma informação válida: recentemente, vi que D'Addario tá custando R$42,00 nas lojas mais baratas da Teodoro. Achei por R$28,00 num estúdio e comprei por causa do preço. 4 coisas estão me fazendo acreditar que essas cordas podem ser falsificadas:

1) as cordas E, B e G vieram bem opacas;
2) a embalagem estava perfurada em 2 lugares, coisa que nunca vi num set original;
3) quando você desenrola as cordas novas, geralmente elas fazer aquele "boing!" e ficam mais ou menos retas/esticadas. Estas continuaram bem enroladas;
4) as D'Addario originais, não faz muito tempo, mudaram o eixo para um material mais mole e de cor levemente dourada. Estas não são assim, se parecem com as antigas, cujo eixo é de cor prateada, niquelada, sei lá, chame do que quiser.

Bom, sem mencionar o próprio preço. E como estão ruins de se afinar!

Fica a dica. Cuidado com coisa barata!
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Diogro (Campo Grande/MS)  enviar um e-mail para Diogro
(diogollum@hotmail.com) 30/05/2015 15:57:01

Na época que minha finada Epipoca Special era meu main (e único) gear, rodava bastante entre as Gibson, as Fender e as D'addario (na época, todas .009), e nem mexia em tensor, oitavas... mas na época, era ainda mais cabaço que agora, e se a corda durasse um pouco, e tivesse uma pegada que favorecesse, já ficava feliz!

Agora, fica difícil falar de timbre, já que, hoje em dia, e já tem uns 10 anos, tenho usado unicamente GHS, e sem maiores problemas... apesar de não gostar do timbre estalado de corda recém-instalada (gosto da corda após alguns dias de amaciada), acho que elas proporcionam uma boa pegada, têm uma boa durabilidade (duram cerca de três a quatro meses comigo, limpando e passando GHS Fast Fret no pós-uso) e, quando no jeito (uns dias de uso), elas têm um timbre que me agrada bastante. Única coisa que fiz foi alterar a tensão dos sets! Usava as .060 do Zakk nas duas guitars, mas como a afinação é standard, elas ficavam muito pesadas, e decidi baixar um pouco a tensão... agora, estou usando, em ambas, os sets do Gilmour, mas na "S" estou usando o jogo para LP (.010 1/2) e na strato estou usando o jogo para strato (.010)... especialmente na strato, essa redução da tensão melhorou consideravelmente a tocabilidade!

Único porém: comprei por aqui, vieram em embalagens individuais de papel, e todos os 07 jogos tinham cordas com pontos de corrosão. Realizei a troca, vieram jogos em embalagem plástica lacrada, sem problemas aparentes quanto a ferrugem!
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Waverider (Barra Mansa/RJ)  enviar um e-mail para Waverider
(wave.rider@rocketmail.com) 30/05/2015 00:44:28

Umas cordas que eu acho boas, para um som menos agressivo, são as Gibson. Pouca gente fala das cordas Gibson. Alguém gosta?
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Roberto Costabile Junior (São Paulo/SP)  enviar um e-mail para Roberto Costabile Junior
(robertocostabilejr@gmail.com) 28/05/2015 06:40:41

Usei pure nickel um bom tempo. Primeiro para domar o agudo insuportável de Marechaul.
Usava Gibson Vintage Reissue, achava as mais legais, tinham bastante sustain, um som encorpado.
Depois essa ficou difícil de achar aqui, e cara.
Revezava entre Ernie Ball e Daddario. A EB via de regra dura pouco.

A tal blue steel foi a mais lixo que usei na vida. De tanto um amigo falar na época, eu arrisquei. Cara pra caraio, e uma merda, durou segundos...

Agora voltei a usar as normais. Primeiro na Charvel porque queria um som mais brilho naquela guita.
Já com o Mesa, quando usava o canal Lead direto, que é bem forte, as nickel funcionavam bem, principalmente na Gilson.
Mas com as mudanças que comecei a usar no Amp para usar os dois canais com distorção - rhythm para crunch/base e Lead para solo - as normais combinaram melhor.

As Daddario duram bem, e tem um som legal. Talvez para os mais puristas outras sejam melhores.
Uso 011 na Gilson e 010 na Charvel.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Waverider (Barra Mansa/RJ)  enviar um e-mail para Waverider
(wave.rider@rocketmail.com) 27/05/2015 23:46:05

Adoro Daddario.

Acho Elixir a pior das cordas, disparado. E o pior é que essa merda de corda é durável pra caramba. Então vc tem a garantia de ter uma merda de som por muito tempo.

Tem um timbre plastificado, come ataque, brilho. Talvez seja boa para Jazz numa semi-acústica...sei lá...
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por aarao (Vitoria/BH/MG)  enviar um e-mail para aarao
(andreaaraofreitas@gmail.com) 27/05/2015 18:05:55

Ao chegar perto do fim do estoque de ernie ball titanium reinforced que prometia maior durabilidade, voltei a experimentar um jogo de elixir e fiz as pazes. Tinha percebido que a ernie ball dava um timbre mais legal e uma tocabilidade muito boa tb. Mas depois de um ensaio ja mostrava sinais e em dois dias era uma corda velha. Isso pra mim nao serve. Nao gosto de trocar cordas em dia de gig, tem muito mais problemas para resolver...
Instalei a elixir numa quinta feira, achei ela muito dura para bends e escorregadia tb. Na sexta melhorou um pouco e no sabado toquei sem problemas. Nem limpei depois de tocar, com uma semana de uso as cordas parecem que foram trocadas hoje.
Pra mim, hoje, nao da pra fechar os olhos pra isso.
O timbre esta bom, acho que ele eh um pouco mais suave, mais doce, na strato valorizo isso tb.
Mas me parece que a ernie ball recem instalada tem melhor tocabilidade mesmo.
Sendo assim, manterei 2 a 3 dias de diferenca entre a troca e a utilizacao critica da elixir.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por abnerfm (São Paulo/SP)  enviar um e-mail para abnerfm
(abnerfm@ig.com.br) 16/03/2015 10:32:36

"Abner, você nota diferença até em cordas comuns, feitas apenas de nickel?"

Sim

"Materiais diferentes soam diferente sim, mas e materiais iguais? Você também nota?"

Sim

"Cara... eu vejo muita gente falando e não consigo perceber essas diferenças."

Alguns amigos costumam brincar e dizer que tenho ouvido "biônico", mas acho que no meu caso fica mais fácil perceber por causa do meu set: single coil com saída/especificações "vintage", amplis blackface ou circuito similar, etc., ou seja, tudo favorece um som "cristalino", então, qualquer coisa que vá contra esse som "cristalino" acaba ficando um pouco evidente.

Talvez, pra quem usa mais humbucker (especialmente de saída "não-tradicional"), ampli e/ou pedais com bastante ganho, etc., fique menos evidente mesmo.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Homer (Fortaleza/CE)  enviar um e-mail para Homer
(ernanifernandes@yahoo.com.br) 12/03/2015 16:06:55

De timbre não sei, de pegada e durabilidade, com certeza. Daddario se acaba muito rápido comigo e essas de aço, como as SIT, me parecem bem mais duras que as de níquel. Ultimamente só tenho usado Ernie Ball.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Vinnas (Aracaju/SE)  enviar um e-mail para Vinnas
(marcusvinas@gmail.com) 12/03/2015 13:38:24

No I dont
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Daltão (São Paulo/SP)  enviar um e-mail para Daltão
(daltao@terra.com.br) 12/03/2015 13:07:51

Sinto diferença sim, meu uso é em palco, logo, faz diferença a marca e materiais usados na fabricação.

Uso D'Addario Nickel Wound, gosto muito, excelente custo benefício.

Enqto era possível usar Blue Steel td bem, mas hoje são caríssimas e qualidade duvidosa, comprei pra tirar teima há alguns meses e vieram oxidadas, $$ no lixo.

Elixir ou qquer outras dessas com tecnologia para durarem não tem o brilho, ataque nem o timbre da D'Addario, tem o toque meio plastificado e desfiam rs.

Ernie ball acho bacanas, mas não duram nada comigo.

Rotosound tb gosto, mas soam meio metálicas demais.

GHS dura 1 dia de uso.

Me adaptei muito bem com D'Addario, não é a melhor corda, mas tem um pouco de cada qualidade das demais. Para nossa realidade recomendo.

Realidade de gringo é a cada 2 usos (shows e/ou ensaios), troca-se o jogo.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por Foka  enviar um e-mail para Foka
(direitotcc@yahoo.com.br) 12/03/2015 12:08:12

Caraca...175 views e só dois usuários responderam?

Abner,

Você nota diferença até em cordas comuns, feitas apenas de nickel?

Materiais diferentes soam diferente sim, mas e materiais iguais? Você também nota?

Cara...eu vejo muita gente falando e não consigo perceber essas diferenças.
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por lucas_lodo (Limeira/SP)  enviar um e-mail para lucas_lodo
(baptistella_lucas@hotmail.com) 12/03/2015 10:40:13

caraca!


10 meses com a corda!

Eu uso a D'adario tambem, mais eu troco todo mes, porque so tenho uma guitarra, e uso ela tambem pelo preço, um brother aqui traz umas cordas "importadas" que está escrito ernie ball, porém nao gostei muito nao.

Abraço!
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por abnerfm (São Paulo/SP)  enviar um e-mail para abnerfm
(abnerfm@ig.com.br) 11/03/2015 16:10:13

Esqueci de mencionar:

- Ernie Ball Regular (nickel plated steel): menos brilho que a D'Addario. Achei que não seguram a afinação.

Abraços,
Re: Você percebe diferença de timbre em cordas?
postado por abnerfm (São Paulo/SP)  enviar um e-mail para abnerfm
(abnerfm@ig.com.br) 11/03/2015 16:08:17

Eu percebo, e bastante. Apesar de não ser nada chique, gosto de D'Addario, e vou tentar explicar o porquê e ao mesmo tempo tomar essa marca como base para comparação com outras:

- D'Addario XL (nickel plated steel): acima de tudo, gosto do brilho dessa marca. Apesar das críticas quanto à durabilidade, para mim, elas duram uns 6 meses (na Les Paul, que uso menos que a Strato, duram cerca de 10 meses). Também acho que ela retém a afinação moderadamente bem;

- Rotosound Yellows (nickel plated steel): soa mais agressiva, "metálica" e dura em relação à D'Addario. Não compraria novamente;

- Ernie Ball Cobalt: como o próprio nome já diz, utiliza materiais diferentes, sendo assim, é de se prever que o timbre também seja. Essas, eu achei mais "tudo" em relação à D'Addario: mais volume, mais grave, parece preencher um espectro mais amplo de frequências. Só não gostei de junto com essas qualidades vir também um som mais comprimido. Também não gosto do preço, mas não fosse isso, compraria com mais frequência;

- Fender Pure Nickel: sempre achei que cordas de níquel dão menos volume, menos grave e menos agudo. Por outro lado, uso na Les Paul para diminuir a diferença de volume entre ela e a Strato (com essas cordas, a Les Paul fica com menos volume que o normal, minimizando a diferença). Estão há 7 meses na minha Les Paul, e vão bem, obrigado;

- D'Addario Pure Nickel: "o Tuibe Screamer" das cordas: rouba grave, rouba agudo, tem pouco volume, etc.

Essas são as minhas experiências. Abraços,
« voltar ao Fórum Responder mensagem Postar nova mensagem Regras Glossário Revelando-se Perfeito Dates Classificados
Green Notes © Copyright 2005 / 2017 - Todos os direitos reservados | Faça aqui o seu Cadastro